Governo dá entrada no Tribunal da Praia com processo para arrestar único Boeing da Cabo Verde Airlines

25/06/2021 20:16 - Modificado em 25/06/2021 20:33

O Governo deu entrada no Tribunal da Praia com um processo para arrestar o único Boeing da Cabo Verde Airlines (CVA), anunciou hoje a ministra da Presidência do Conselho de Ministros.

Filomena Gonçalves que falava em conferência de imprensa, hoje na cidade da Praia, sobre o balanço da reunião do Conselho de Ministros realizada na quinta-feira, disse ainda que o Governo está a agir em nome dos superiores interesses de Cabo Verde ao querer assumir o controlo da CVA.

A mesma refere que se está no meio de um processo, onde se já foi feito um arresto e um processo judicial pendente. “Creio que neste momento o Governo está a agir em nome dos superiores interesses de Cabo Verde, está em negociações, têm litígios judiciais, em momento próprio, se houver de facto, pontos que ficarem por resolver serão anunciados ao País”, salientou.

“O Governo tem estado a acompanhar toda a tramitação do processo que chegou à conclusão que, neste momento, o parceiro não está em condições de respeitar todas as cláusulas contratuais” vincou.

Filomena Gonçalves afirmou também que é por causa dos problemas surgidos que o Governo entendeu por bem reaver as acções e tendo em atenção “os superiores interesses da Nação.”

A ministra frisou ainda que Governo está a tomar as medidas que considera serem as “mais assertivas” para garantir que o País terá sempre a sua companhia e poderá fazer os seus voos internacionais e “não estar a depender exclusivamente das outras companhias sem saber se terão condições de continuar a voar para Cabo Verde ou não”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.