Buscas continuam após colapso de prédio em Miami. Há 99 desaparecidos

24/06/2021 22:13 - Modificado em 24/06/2021 22:14

Até ao momento, já foram resgatadas 37 pessoas dos escombros do edifício de 12 andares que colapsou no início da manhã desta quinta-feira, a norte de Miami.

© Reuters

Pelo menos uma pessoa morreu e 11 pessoas ficaram feridas, esta quinta-feira, na sequência do desabamento de um prédio residencial em Surfside, a norte de Miami Beach, nos Estados Unidos, confirma esta noite a CNN. 

Quatro dos feridos já foram transportados para unidades hospitalares da região. 

Entretanto, os bombeiros que se encontram no local adiantaram que já foram resgatadas 37 pessoas.

Contudo, momentos antes, em conferência de imprensa, Daniella Levine Cava, ‘mayor’ do condado de Miami-Dade, informou que pelo menos 99 dos 102 residentes do edifício continuavam desaparecidos. 

A governante afirmou também que a origem do colapso é ainda desconhecida e que os engenheiros responsáveis pela construção do prédio, a cidade de Surfside e o seu departamento de bombeiros vão ser investigados.  

Em declarações ao referido órgão de comunicação, os operacionais que se encontram no teatro de operações revelaram que já tiveram de extinguir um pequeno incêndio que deflagrou nos destroços e que é provável que surjam mais fogos nas próximas horas devido à movimentação dos escombros. 

Uma equipa de voluntários da Cruz Vermelha também já se encontra perto dos destroços a assistir pessoas que ali se encontram. 

“As famílias estão a lidar, neste momento, com uma dor imensa por terem perdido as suas casas e pela incerteza de terem perdido os seus familiares ou amigos. Para as ajudar a lidar com a situação, a Cruz Vermelha está a procurar sítios seguros para os residentes e outros afetados por esta crise”, esclareceu a entidade, em comunicado. 

O Governador Ron DeSantis, que circulou pela zona dos escombros, disse que as televisões não capturaram a escala do que realmente aconteceu, referindo que as equipas de resgate estão “a fazer tudo o que podem para salvar vidas e que não vão descansar”.

Entretanto, o presidente dos EUA, Joe Biden, já veio dizer que espera que seja declarada situação de emergência para que possam ser desbloqueados fundos que permitam uma intervenção federal, nomeadamente da Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA, na sigla inglesa), que “está pronta para ajudar”.

O desabamento do edifício de 12 andares ocorreu por volta das 1h30 (6h30 em Lisboa). O teto do prédio estava a ser alvo de obras, mas ainda é desconhecido se isso estará ligado à causa do acidente.

Por Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.