Covid-19: Cabo Verde com mais uma morte em Tarrafal de Santiago e 65 casos em 24 horas

24/06/2021 17:23 - Modificado em 24/06/2021 17:23

Cabo Verde registou mais uma morte no concelho de Tarrafal de Santiago por Covid-19, subindo para 285 o acumulado de óbitos por complicações associadas à doença. O país somou mais 65 infetados com o novo coronavírus, elevando para 32.257 o total de casos desde 19 de março de 2020, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

Em comunicado, o ministério referiu que os laboratórios de virologia do arquipélago processaram 820 amostras desde quarta-feira, com uma taxa de positividade global para o novo coronavírus de 7,9%.

No concelho da Praia, capital e principal foco da doença no país, foram confirmados nas últimas 24 horas mais 08 infetados (em 228 amostras, 3,5% de taxa de positividade), contando agora com 235 casos ativos.

Cabo Verde estava a registar valores máximos de novos infetados consecutivos desde 31 de março, quase todos os dias acima de 200 e até ao pico de 417 casos em 05 de maio, quando o máximo anterior a este período foi de 159, em 11 de outubro de 2020.

Esta tendência inverteu-se nas últimas semanas, com o número de novos casos diários em queda, até ao mínimo de 37 casos.

Ainda na ilha de Santiago foram confirmados, nas últimas 24 horas, casos do novo coronavírus nos concelhos de Santa Catarina (três), Santa Cruz (três), Ribeira Grande (um) e São Lourenço dos Órgãos (um).

Segundo os dados do Ministério da Saúde, na ilha de São Vicente, outro foco da pandemia no arquipélago, foram confirmados mais 4 novos infetados (em 163 amostras), passando a 75 casos ativos.

Foram ainda registados casos de covid-19 nas ilhas da Brava (17), Fogo (16) e Santo Antão (12).

Nas últimas 24 horas, foram dados como recuperados da doença em Cabo Verde 74 infetados e subiu para 285 o acumulado de óbitos por complicações associadas à covid-19, além de 10 por causas externas, desde o início da pandemia.

Cabo Verde passa assim a contar com um acumulado de 32.257 casos do novo coronavírus desde 19 de março de 2020 (quando foi diagnosticado o primeiro infetado no arquipélago), distribuídos por todos os 22 municípios das nove ilhas habitadas, segundo os dados do Ministério da Saúde.

O arquipélago regista hoje 677 casos ativos de infeção e soma 31.276 casos considerados recuperados, enquanto dois infetados estrangeiros foram transferidos para os países de origem.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.