Cabo Verde no pódio de países emissores de alunos para o ensino superior em Portugal

21/06/2021 15:56 - Modificado em 21/06/2021 15:56
Cidade Universitária de Aveiro

A procura de alunos estrangeiros por instituições de Ensino Superior portuguesas atingiu o valor mais alto de sempre: 3.483 candidaturas feitas por estudantes internacionais até 31 de maio. Cabo Verde surge a cabeça, juntamente com o Brasil.

Os dados são avançados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, representando um aumento de 132% face a 2019, que também foi o ano com o maior número de candidaturas de alunos estrangeiros de sempre. Esta subida surge depois de um ano de pandemia que travou a mobilidade de estudantes e fez com que fosse registada uma quebra de 18%.

Atualmente, há cerca de 65 mil alunos estrangeiros a estudar em Portugal, sendo que destes, 18% são alunos Erasmus.

Cabo Verde, Brasil e os restantes Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) são os principais países de onde vêm estes candidatos internacionais.

Neste sentido, o Politécnico de Bragança é a instituição do país que mais novos alunos internacionais recebeu no ano passado, regista o maior crescimento, de 172%, da procura de estudantes estrangeiros para cursos de curta duração já este ano.

Já a Universidade de Évora regista uma ocupação de “100% das vagas na 1.ª fase do concurso especial de acesso para estudantes internacionais nos cursos de licenciatura e mestrado integrado”.

Por sua vez, a Universidade de Aveiro, que terminou agora a 2.ª fase do concurso para estudantes internacionais, prevê a “retoma da tendência daquilo que eram os padrões de um consistente crescimento verificado nos anos anteriores”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.