Moradores preocupados com assaltos em Chã de Alecrim pedem mais segurança

20/06/2021 20:45 - Modificado em 20/06/2021 20:45

Os moradores da zona de Chã de Alecrim estão preocupados com os frequentes assaltos que têm sido vítimas e pedem mais segurança.

De passagem hoje pela localidade, o NN foi abordado por um grupo de moradores que quis expor os seus problemas relacionados com a falta de segurança. Conforme relataram, os números de casos de assaltos aumentaram na zona, que antes era considera calma e tranquila.

Os assaltantes, suspeitam, são “bandidos de outras zonas”, que praticam os atos encapuzados e com recurso a armas branca e de fogo. O clima, conforme contam, é “de medo” e “preocupação”.

Falando em nome do grupo, a moradora Joana Cruz afirmou que o clima de medo tem reinado nos últimos tempos em Chã de Alecrim, o que não abona em nada a sua tranquilidade, revelando que um casal foi assaltado recentemente por “encapuzados” sob ameaça de um machim e uma arma de fogo.

“Nos últimos dias, tem havido alguns casos recorrentes na zona. Creio que com a colocação de câmaras de vigilância em outras zonas do centro, estes escolheram outros sítios, como é o caso da nossa zona. Sinto-me em pânico em com algum medo” sustenta.

“Peço às autoridades que olhem por nós e que nos garanta segurança aqui porque não temos muita segurança neste momento”, suplicou esta moradora, lamentado a sua insegurança.

No entanto, revela que ficou mais calma depois que soube da detenção, por parte da Polícia Judiciária, de alguns indivíduos nesta semana, que efetuaram alguns roubos na zona e diz estar esperançosa de que a situação possa melhorar.

“Queremos ter a nossa paz de volta. Dormimos neste momento com algum receio de que possamos vir a ser assaltados. Acredito que as autoridades estão a investigar os casos e a tomar as devidas providências” realça.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.