Emanuel Moreno: “A detenção do agente da primeira classe da PN indigna a instituição”

16/06/2021 14:55 - Modificado em 16/06/2021 14:55

O director nacional da Polícia Nacional, Emanuel Estaline Moreno, garantiu hoje que a detenção do agente da PN, após ter supostamente perpetrado um assalto a uma residência no bairro de Safende, na cidade da Praia, indigna a instituição, mas pede confiança dos cabo-verdianos. 

Emanuel Estaline Moreno assegura que este caso do agente de primeira classe, se trata de um caso isolado, mas que é “lamentável”, sobretudo para os agentes que há vários anos fazem parte da Polícia Nacional.

“O processo está a seguir os seus trâmites legais. De recordar que este policial tem um outro caso do mesmo género em 2017. Isso confirma que esteve envolvido em outros casos. Cabe às autoridades investigar” enfatizou o DNPN em declarações à Rádio Pública.

Sobre o processo de recrutamento de novos agentes, que tem merecido muitas críticas, a mesma fonte realça que foi criada uma equipa de júris para auxiliar este processo, para evitar casos como ‘apadrinhagem’ e facilitação de entrada na corporação.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.