Vinte e três cabo-verdianos na lista dos 100 mais influentes da África Lusófona

15/06/2021 15:22 - Modificado em 15/06/2021 15:22

A African Shapers publicou uma lista de 100 personalidades vistas como as mais influentes da África lusófona, que incluiu 23 cabo-verdianos, na sua maioria mulheres.

A lista de cabo-verdianos é encabeçada por Ana Lima Barber (7°), antiga presidente da Cabo Verde TradeInvest, e que agora assume funções de comissária-geral de Cabo Verde junto da Expo 2020 de Dubai e do Médio Oriente.

Na posição (8), Pedro Fernandes Lopes, secretário de Estado para a Inovação e Formação Profissional e um dos mais jovens membros do Governo de Cabo Verde; (9) Lúcia Cardoso, Presidente da Associação dos Jovens Empresários; (11) Eunice Mascarenhas, Presidente da Associação das Mulheres Empresárias de Cabo Verde e na Diáspora; (13) Janira Hopffer Almada, primeira mulher a dirigir o PAICV. A cabo-verdiana Elisabeth Moreno ministra da Igualdade de Género do governo francês, fixada em 26 da lista.

Já Cristina Duarte está no lugar 41, seguida de Maria Helena Semedo (42), Maria de Fátima Coronel (45), Mircea Delgado (47), Janine Lélis (48), Joana Rosa (64), Carlos Monteiro (66), Miriam Vieira (67), Eurídice Monteiro (68), Lígia Fonseca (73), Vera Duarte (75), Miguel Monteiro (76), Januária Tavares (77), Judite Nascimento (80), Óscar Santos (81), Manuel Lima (97) e Solange Cesarovna (100).

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.