Profissionais de comunicação social enquadrados no grupo prioritário de vacinação à Covid-19

13/06/2021 18:05 - Modificado em 13/06/2021 18:05

Os jornalistas cabo-verdianos já começaram a ser vacinados contra a covid-19, tendo sido vacinados enquanto categoria por exercerem um serviço essencial, com o objetivo de levar a informação, uma das principais armas contra o coronavírus, para a população.

A informação segundo justificativa é que estes profissionais, à semelhança de outros, têm trabalhado na linha da frente, sendo o seu ramo de trabalho levar a informação que é uma necessidade.

Aos profissionais de comunicação social, para tomar a vacina é preciso apresentar carteira profissional ou carta da empresa onde trabalha. “A ideia é proteger os profissionais que estão em risco desta classe essencial para a sociedade”.

Para estes profissionais, esta decisão de também inserir os jornalistas e afins nesta categoria de prioritários foi uma medida acertada do governo.

Afinal, estamos na linha de frente da notícia, entrevistando pessoas que estão na linha de frente do combate à covid-19 e aquelas que infelizmente pegaram a doença e que todos os profissionais, independente da área também estão a contar o tempo, para serem imunizados, porque todos os cabo-verdianos, não veem a hora desta pandemia acabar.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.