TC de São Tomé e Príncipe admitiu 19 candidatos às Presidenciais

11/06/2021 20:56 - Modificado em 11/06/2021 20:56

O Tribunal Constitucional (TC) de São Tomé e Príncipe “admitiu” hoje as candidaturas dos 19 cidadãos que concorrem ao cargo de Presidente da República nas eleições de 18 de julho, indica em acórdão que a Lusa teve acesso.

“Pelo exposto, o Tribunal Constitucional decide: admitir as candidaturas à eleição do Presidente da República, a realizar no dia 18 de julho de 2021 dos candidatos Abel Bom Jesus, Aurélio Martins, Carlos Agostinho das Neves, Carlos Vila Nova, Carlos Stock, Delfim Neves, Elsa Garrido, Elsa de Barros Pinto, Eugénio da Trindade Tiny”, lê-se no acórdão.

A lista do TC publicada por ordem alfabética prossegue ainda com os nomes de Guilherme Posser da Costa, Jorge Amado, Júlio Silva, Manuel Vaz do Rosário, Maria das Neves, Miques Jesus Bonfim, Moisés Sacramento Viegas, Olinto Afonso das Neves, Roberto Sousa Ponte e Vítor Monteiro.

O presidente do Tribunal Constitucional disse hoje que algumas ajudas financeiras e materiais de alguns países e organizações para as eleições presidenciais já começaram a chegar, destacando o apoio do Japão.

Na lista dos concorrentes, seis saem do principal partido do governo, o Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe – Partido Social Democrata (MLSTP-PSD).

Cinco concorrem como independentes e um, Posser da Costa tem apoio do partido.

Do principal partido da oposição, Ação Democrática Independente (ADI), concorrem também três candidatos, um dos quais, Carlos Vila Nova com o apoio do partido.

O Movimento Democrático Força de Mudança (MDFM), também no atual Governo em coligação com outras duas formações políticas, concorre às presidenciais também com três candidatos.

O Partido Verde, sem assento parlamentar, tem dois candidatos.

São Tomé e Príncipe tem eleições presidenciais marcadas para 18 de julho próximo, a sétima desde a abertura democrática em 1992.

Lusa

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.