Covid-19: Descarte de máscaras nas ruas de São Vicente preocupa

9/06/2021 13:52 - Modificado em 9/06/2021 13:52

As máscaras cirúrgicas usadas atualmente para prevenir o novo coronavírus continuam a ser descartadas nas ruas de muitos bairros em São Vicente. Um lixo plástico que faz mal ao ambiente.

A utilização de máscaras tem sido um dos principais meios de proteção contra o novo coronavírus, mas o descarte incorreto desse item caracteriza um novo tipo de poluição. Segundo os especialistas, o descarte incorreto das máscaras pode levar a contaminações pela covid-19, além de impactar diretamente a vida marinha, podendo causar a morte de animais que porventura ingiram os itens.

Em São Vicente esta é uma realidade que não escapa à visão de quem circula diariamente por alguns bairros, que são os pontos mais críticos em matéria de mau descarte das máscaras.

Uma situação que deixa preocupado alguns mindelenses abordados por este online, falam em atos inaceitáveis que colocam em risco as pessoas e o meio ambiente.

“Apelo à que haja uma campanha de sensibilização pedagógica. É inaceitável o número de máscaras no chão. Poluição e foco de disseminação do vírus. A educação cívica serve para isto. Ainda ontem vi algumas máscaras no chão. Concordo que as pessoas têm de ter civismo e se deitam as máscaras para o chão têm de as apanhar” vinca Conceição Dias.

Já António Ferreira fala em vergonha a aquilo que se assiste todos os dias em alguns bairros. “Vejo diariamente muitas máscaras de proteção à covid-19 espalhadas por todo o lado. Tenham vergonha e respeito pelos outros” alerta. 

“É de lamentar tanta falta de cidadania, civismo e respeito pelos outros. Tenham consciência que deste modo estão a destruir a nossa casa, ou seja o nosso planeta, cada vez mais depressa. Importante orientar para, antes de colocar a máscara no lixo, retirar os elásticos pois prendem-se aos animais marinhos. Não custa nada!” diz Maria Gonçalves.

Abordado por este online, o ambientalista Tommy Melo, fala em uma situação deveras “muito preocupante”, visto que muitas pessoas não têm dado o tratamento ideal no descarte das máscaras cirúrgicas.

“É uma situação super preocupante, porque as máscaras são compostas por plástico e por isso não degradam no ambiente. Além de que elas podem estar infetadas com o vírus que causa a covid-19. É preocupante, e neste sentido uma das mensagens que sempre deixamos é que as pessoas levem as suas máscaras para casa, acondicioná-las como deve ser no lixo e não descartá-las no ambiente” sustenta o ambientalista.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.