Equipa médica portuguesa vai formar profissionais no Hospital Baptista de Sousa no tratamento de doentes críticos

2/06/2021 21:32 - Modificado em 2/06/2021 21:32

Uma equipa médica portuguesa é esperada em Cabo Verde nos próximos dias para ministrar formação, de 04 a 11 de junho, em abordagem e tratamento de doentes críticos da covid-19, anunciaram hoje autoridades portuguesas.

Estas atividades formativas que irão decorrer no Hospital Baptista de Sousa (S. Vicente) e no Hospital Agostinho Neto (Praia-Santiago), advêm de um acordo de cooperação entre Camões- Instituto da Cooperação e da Língua Portuguesa, a Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos e o Ministério da Saúde de Cabo Verde.

A mesma fonte realça que cada equipa é composta por uma médica e uma enfermeira com experiência em cuidados intensivos e as formações decorrerão em simultâneo no Hospital Agostinho Neto, na Cidade da Praia e no Hospital Baptista de Sousa, em São Vicente.

“Esta formação irá contribuir para a capacitação de recursos humanos no sistema de saúde de Cabo Verde e deverá abranger dez médicos e 22 enfermeiros”, lê-se na nota.

Esta formação será presencial, com a duração de 48 horas, foi antecedida por uma componente teórica ministrada em formato ‘online’, e cobrirá áreas como gestão e organização de circuitos, avaliação doente crítico, abordagem via aérea, entre outras.

Esta equipa médica portuguesa vem a Cabo Verde depois de uma missão de emergência médica integrada de Portugal ter estado no arquipélago a dar apoio médico e técnico especializado, entre 17 e 28 de maio, aos hospitais centrais Dr. Agostinho Neto e Baptista de Sousa.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.