Combustíveis sobem. Gasolina passa a custar 122 escudos por litro

1/06/2021 13:01 - Modificado em 1/06/2021 13:01

Os combustíveis, exceptuando o gás butano, estarão mais caros a partir das zero horas do dia 01 de junho, devido à evolução dos preços no mercado internacional e à apreciação do euro face ao dólar americano.

De acordo com nota da Agência Reguladora Multissetorial da Economia – ARME,  a nova tabela, fixa que o gasóleo normal passa a ser vendido a 94,60 escudos cabo-verdianos por litro, a gasolina a 122,70 por litro e o petróleo a 78,60 por litro.

O gasóleo electricidade passa a 79,40 escudos por litro, o gasóleo marinha a 67,00 escudos por litro, o fuel 380 a 74,00 escudos por litro e o fuel 180 a 76,90 escudos por litro.

Quanto ao gás butano, que é revisto em baixa, passa a ser vendido a granel por 124,10 escudos por quilo, sendo que as garrafas de três quilos passam a ser vendidas a 354,00 escudos, as de seis quilos a 745,00 escudos, as de 12,5 quilos a 1.551,00 escudos e as de 55Kg a 6.826,00 escudos.

A ARME justificou essa variação com a “evolução dos preços dos produtos petrolíferos no mercado internacional, aliada à apreciação do euro face ao dólar americano, que convergiram para a subida dos preços dos combustíveis no mercado nacional, exceptuando o butano”, lê-se na nota. 

Assim, no mercado interno, os preços do gasóleo normal, gasóleo electricidade e gasóleo Marinha aumentaram 3,39 por cento (%), 4,06% e 4,20%, respectivamente. 

A gasolina e o petróleo subiram 3,02% e 3,56%, respectivamente, os preços do fuelóleo 180 e do fuelóleo 380 aumentaram 4,91% e 5,11%, respectivamente. 

O gás Butano diminuiu 2,59%, que corresponde, segundo a agência reguladora, a um decréscimo médio dos preços dos combustíveis de 3,21%. 

Comparativamente ao período homólogo, Junho de 2020, a variação média dos preços dos combustíveis corresponde a um aumento de 48,4% e, relativamente à variação média ao longo do ano em curso, ela corresponde a um acréscimo de 5,5%.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.