Arlindo do Rosário: “S. Vicente vai receber neste sábado 10 mil doses de vacinas”

28/05/2021 15:46 - Modificado em 28/05/2021 15:48

À margem do anúncio da declaração da nova situação de calamidade em todo o país, o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, em declarações à imprensa, na cidade da Praia, adiantou que as estruturas de saúde da ilha de S. Vicente vão receber, já neste sábado, 10 mil doses de vacinas contra a Covid-19 para retomar o processo de vacinação “com maior velocidade”.

Quanto à interrupção do processo de vacinação na ilha do Monte Cara o ministro considerou ser uma situação “normal”, explicando que tal deve-se à dificuldade de transporte e não com a falta de vacinas mas, adiantou que tudo “vai ficar resolvido amanhã”.

Instado a pronunciar-se sobre a meta a atingir – 70% da população elegível até ao final do ano – Rosário mostrou-se otimista, reiterando a perspetiva do cumprimento da meta estipulada pelo Governo.

“Durante o mês de Junho iremos acelerar [o processo de vacinação] e, como se sabe, isto depende também da disponibilidade das vacinas” afirmou, lembrando que há vários países que ainda não atingiram a meta de um por cento, enquanto “Cabo Verde já conseguiu 6% (por cento)”.

Arlindo do Rosário avançou ainda que está em negociação a entrega de 300.000 doses de uma das vacinas chinesas contra a covid-19, das quais 50.000 serão doadas pelo Governo da China.

“É um processo que está a decorrer, está a seguir os seus trâmites normais. Nós apontamos no mais breve possível que possamos ter essa vacina também aqui em Cabo Verde”, disse.

O ministro da Saúde acrescentou que Cabo Verde já aplicou desde 19 de março, quando arrancou o plano de vacinação contra a covid-19 no arquipélago, aproximadamente 20.000 doses de vacinas, num processo que deverá acelerar a partir do próximo mês, com o aumento da disponibilidade de vacinas no país.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.