Evy Pereira diz que época foi difícil devido a lesões, mas fala em sonho e dever cumprido e não esquece Cabo Verde

26/05/2021 16:01 - Modificado em 26/05/2021 16:04

A cabo-verdiana Evy Pereira, jogadora do Sport Lisboa e Benfica, que se sagrou pela primeira vez campeão nacional da primeira divisão em Portugal, fala em época onde teve de ultrapassar “muitos obstáculos”, mas salienta que está “vivendo um sonho num clube magnífico. Temos o sentimento de dever comprido”.

Evy Pereira não jogou a partida decisiva ante ao Sporting (0-3) por estar a recuperar de uma lesão, mas que esteve no relvado do Estádio de Alvalade, onde levantou também a taça, aponta que “foi uma temporada difícil, particularmente tive que enfrentar obstáculos (lesões) e ganhar força para superá-los”.

“A nível coletivo estou vivendo um sonho num clube magnífico, temos o sentimento de dever comprido. Mas agora é hora de agradecer a todos. Primeiramente a Deus pela vida e pelo dom, em seguida a minha família, o meu clube S.L.Benfica, ao amigos, fãs etc… foi uma conquista merecida coroando assim uma época cheia de trabalho compromisso responsabilidade foco e determinação” escreveu a atleta na sua pagina oficial.

A mesma não esquece o povo cabo-verdiano, que agradecendo pela força ao longo da época. “Quero aproveitar e dedicar este título a todos aqueles que me ajudaram a chegar até aqui, a escola de formação, os clubes, os treinadores, as jogadoras etc… sei bem da vossa importância na minha vida, obrigada” concluiu.

O Benfica venceu pela primeira vez o título nacional, depois de vencer a II Liga e uma Taça de Portugal e uma Taça da Liga, tendo terminado esta segunda fase do campeonato com 39 pontos, mais cinco do que o Sporting, que encerrou na segunda posição, com 34.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.