Apresentação periódica para cabo-verdiano e nigeriano suspeitos de prática de crimes que ascendem os três milhões de escudos cabo-verdianos

25/05/2021 22:17 - Modificado em 25/05/2021 22:17

Os dois indivíduos, sendo um de nacionalidade cabo-verdiana e outro nigeriana (naturalizado cabo verdiano), de 36 e 45 anos, são suspeitos da prática, em coautoria, de vários crimes cibernéticos, de entre os quais, Acesso Ilícito, Burla Informática e Lavagem de capitais.

De acordo com a Polícia Judiciária, que efectivou a detenção através da Secção Central de Investigação da Corrupção e Criminalidade Económica e Financeira (SCICEF) – Brigada de Cibercrime, na passada quinta-feira, 20, fora de flagrante delito, nas localidade da Várzea de Companhia e Safende-Vila Nova.

Suspeita-se que os valores envolvidos na prática dos crimes ultrapassam os 3.000.000$00 ECV (três milhões de escudos cabo-verdianos).

Os detidos foram presentes, no tempo legal, ao Tribunal da Comarca da Praia, que lhes aplicou Apresentação Periódica, como medida de coação.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.