CMSV: Acordo com assinatura de memorando para dar “condições de trabalho e dignidade” aos vereadores

21/05/2021 14:53 - Modificado em 21/05/2021 14:53
| Comentários fechados em CMSV: Acordo com assinatura de memorando para dar “condições de trabalho e dignidade” aos vereadores

O vereador da CMSV Albertino Graça (PAICV), após uma sessão ordinária da câmara que o mesmo convocou para esta quinta-feira, 20, garante que um grupo de três vereadores vai produzir um memorando de entendimento, que será assinado na próxima reunião camarária, para “dar condições de trabalho e dignidade” aos vereadores do PAICV e da UCID.

Albertino Graça sustenta que reunião da equipa camarária desta vez “correu bem”, pelo que foi possível chegar ao fim da sessão. “O importante era os pontos que estrangulavam a câmara, na nossa opinião, nomeadamente as condições de trabalho dos vereadores e a atribuição de competências que ficou decidido” notifica a mesma fonte, citada pela Agência Cabo-verdiana de Notícias.

Adianta a mesma fonte, que uma equipa de três autarcas do qual faz parte, além dos vereadores Rodrigo Rendall, eleito pelo Movimento para a Democracia (MpD) e Samuel Santos, eleito pela União Cabo-Verdiana Independente e Democrática (UCID), vão trabalhar num memorado que definirá as condições de trabalho e a delegação de competências para os eleitos que não pertencem ao mesmo partido do presidente Augusto Neves.

Com a assinatura deste documento na próxima sessão camarária, Albertino Graça diz esperar que fiquem sanadas as reivindicações dos vereadores sobre a falta de condições e de competências para trabalhar na autarquia.

Ainda de acordo com esta agência de notícias, durante a reunião camarária também deliberaram sobre o regimento da câmara, definiram o dia e o horário das reuniões dos autarcas, elegeram a secretária municipal entre outros assuntos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.