Ministro da Saúde aponta o reforço no combate a covid-19, mas não descarta hipótese do Governo pedir ao PR um novo estado de emergência

19/05/2021 19:15 - Modificado em 19/05/2021 19:15

O Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, anunciou hoje que o ministério que lidera vai reforçar o combate a proliferação da covid-19 no país, não descartando, no entanto, que o Governo possa pedir ao Presidente da República um novo estado de emergência.

De acordo com Arlindo do Rosário, que tem nesta nova legislatura apenas a pasta da Saúde, a luta contra a covid-19 tem sido “bem travada”, acreditando que a situação no país possa vir a melhorar, apontando para uma “ligeira estagnação” do número de casos da doença nos concelhos que tem sido os principais focos de propagação.

Nisto, diz acreditar que com o processo de vacinação da população que está em curso os casos possam diminuir de forma considerável e com isso o país retomar a sua atividade turística e recuperação da economia que tem sido abalada com a pandemia da covid-19. 

“Vamos continuar a acompanhar a evolução nos próximos dias da situação em todas as ilhas, principalmente nos concelhos mais afetados, com foco nos hospitais centrais e regionais para ver se haverá alguma melhoria” sustentou o ministro em declarações à imprensa hoje na cidade da Praia.

Caso as medidas do estado de calamidade não tiverem os efeitos desejados, aponta que o Governo não descarta pedir um novo estado de emergência ao Presidente da República, mas aponta que este estado traz consequências negativas para a vida dos cabo-verdianos, e por isso alerta a população para o reforço das medidas de proteção individual, para que o nosso país possa vencer esta pandemia.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.