Binter/TICV quer continuar operações em Cabo Verde

17/05/2021 13:55 - Modificado em 17/05/2021 13:55

A Transporte Aérea Interilhas de Cabo Verde (TICV), apesar da entrada da Bestfly Angola nas operações aéreas interilhas, quer continuar no mercado nacional, tendo já entregue um pedido à Agência Aviação Civil para prosseguir as operações entre as ilhas.

A informação é avançada, esta segunda-feira, 17, pela Agência Lusa, que refere que o Diretor-Geral da companhia, Luís Quinta, adianta que a TICV/Binter pretende continuar no mercado cabo-verdiano, com as conexões, ao contrário do que teria anunciado, da descontinuidade dos voos a partir de hoje.

O mesmo assegura que a companhia já entregou um pedido de continuidade das operações à Agência de Aviação Civil (AAC). “Já entregámos na AAC a nossa programação para a ‘summer season’ de 2021, a partir deste mesmo dia (17 de maio), e estamos agora a aguardar a autorização da AAC. Normalmente é um processo rápido”, precisou.

A programação de voos da TICV prevê a realização de 32 ligações semanais interilhas, e estenderá até o final do mês de outubro e a sua realização que só está pendente do aval da AAC.

Não há voos programados pela TICV/Binter, a partir desta segunda-feira, data em que entrou no mercado a BestFly Angola, cuja contrato de concessão de seis meses teve início esta manhã.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.