Guias de Turismo de São Vicente preocupados com a possibilidade da suspensão dos voos domésticos a partir de segunda-feira

13/05/2021 20:43 - Modificado em 13/05/2021 20:43
| Comentários fechados em Guias de Turismo de São Vicente preocupados com a possibilidade da suspensão dos voos domésticos a partir de segunda-feira

A Associação dos Guias de Turismo de São Vicente e S. Nicolau, mostra-se preocupada com a possibilidade de o país poder ficar sem voos domésticos a partir de segunda-feira, 17, e pede ao Governo que encontre uma solução para resolver esta situação.

A preocupação foi manifestada ao NN, pelo líder associativo Ruben Moreira, que assegura que se esta situação não for resolvida até segunda-feira, vai ter “implicações diretas e muito negativas” para todos os guias de turismo das ilhas do norte do país. 

“Se continuar desta forma, vai ser muito complicado, porque muitos guias já tinham marcações com alguns grupos de turistas para a próxima semana. Também afetará todo o setor do turismo, porque os hotéis, as agências de viagens entre outros não vão poder programar os seus circuitos turísticos” salienta.

Para Ruben Moreira, a retoma dos trabalhos da classe dos guias tem sido de “forma lenta”, o que já seria de esperar, “mas é positivo porque já estamos a trabalhar”. Porém, vinca que depois que a covid-19 voltou a alastrar-se em todas as ilhas, aliado com a situação dos voos interilhas da forma como está a “evoluir de forma negativa”, diz-se preocupado para uma “paragem completa de todas as atividades”.

“Sem voos domésticos e com o aumento de casos de covid-19, vai ser mais complicado. O Governo deveria tomar uma atitude sobre a questão dos voos e da situação pandémica no país, porque se focarem nestas questões, vai se perfeito para uma retoma gradual do turismo” esclarece.

No entanto, segundo informações avançadas pelos órgãos de comunicações sociais do país, o Governo e a Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV) deverão assinar esta sexta-feira, 14, na Cidade da Praia, um contrato de concessão emergencial de serviços de transportes aéreos domésticos.

Uma notícia que segundo Ruben Moreira, a ser materializado será como uma “luz no fundo do túnel”, sobretudo num momento em que o país procura a retoma do turismo. “Sem dúvidas que se acontecer será muito bom para todos aqueles que trabalham no setor do turismo” concluiu.

De realçar que a Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV) mantém a oferta de voos apenas até domingo, 16 de maio, e todas as ligações e datas posteriores permanecem indisponíveis, tal como há várias semanas, inviabilizando a compra de bilhetes através da página da empresa ou pelas agências de viagens.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.