Aldeias SOS do Mindelo ajuda 12 famílias carenciadas com microcréditos para driblar efeitos da pandemia da covid-19

6/05/2021 20:48 - Modificado em 6/05/2021 20:48

O Centro Social SOS do Mindelo, ajuda doze famílias carenciadas com microcréditos num total de 30 mil escudos cada, para darem início as suas atividades geradoras de rendimento, para driblar efeitos da pandemia da covid-19.

De acordo coma diretora das Aldeias SOS de São Vicente, Graça Gomes, a cedência destes microcréditos vem no seguimento de um projeto que decorre e que visa apoiar 21 famílias carenciadas na ilha, sendo que neste momento são contempladas 12 famílias.

Neste momento as famílias, estão recebendo formações em fabrico de sabão, cabedal, informática inicial, empreendedorismo, entre outros, para reforçar a capacidade financeira dessas famílias.

“O projeto tem duas componentes, sendo que uma é para apoiar com as necessidades básicas das famílias que ficou agravada com a pandemia, mas também a capacitação de microcrédito que visa reforçar a capacidade financeira das famílias para que possam realmente cuidar dos filhos” sustenta.

A mesma fonte, realça ainda que muitas famílias foram agraciadas ainda com formações na venda de pescado, e outros pequenos negócios, como vendas de “balói” e ainda pequenas mercearias.

Os beneficiados terão, contudo, o acompanhamento de profissionais da Aldeias SOS, para que possam ter um “negócio sustentável”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.