Onda de casos no Nepal indica que país pode seguir pisadas da Índia

6/05/2021 15:20 - Modificado em 6/05/2021 15:21

O Nepal pode enfrentar uma situação semelhante à da Índia, mas com um sistema de saúde ainda mais frágil e uma taxa de vacinação mais baixa que a nação vizinha.

© AFP via Getty Images

Asituação epidemiológica no Nepal apresenta parecenças alarmantes com a do seu vizinho, a Índia. Os contágios estão a disparar, os hospitais estão a ficar rapidamente sobrelotados e o primeiro-ministro KP Sharma Oli está a fazer apelos à ajuda de outros países, segundo a CNN.

Nesta altura, o Nepal está a registar mais de 8.600 infeções por dia, cerca de 20 casos de Covid-19 por cada 100 mil habitantes – uma incidência acumulada semelhante à da Índia há duas semanas.

No fim de semana passado, 44% dos testes de Covid-19 realizados no Nepal tiveram resultado positivo, de acordo com dados do governo citados pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

O que está a acontecer na Índia agora é uma antevisão horrível do futuro do Nepal se não conseguirmos conter esta última vaga, que está a reclamar mais vidas a cada minuto que passa”, disse o presidente da Cruz Vermelha do Nepal, Netra Prasad Timsina.

A possibilidade de o Nepal enfrentar uma onda tão devastadora como a da Índia é ainda mais perturbadora. O país tem um sistema de saúde mais frágil do que o seu vizinho, menos médicos per capita e uma taxa de vacinação inferior.

Entre as razões que estão a contribuir para a crise pandémica no Nepal estão os eventos públicos de massas, como festivais, comícios políticos e casamentos, mas também a lenta resposta do governo e uma complacência generalizada da população nepalesa face à pandemia.

Outro fator determinante é a longa fronteira que o Nepal partilha com a Índia. Muitos nepaleses têm os seus negócios na Índia e vice-versa, o que significa que a circulação na fronteira é elevada.

Um cenário que agravou-se ainda mais nas últimas semanas com muitos indianos a atravessarem a fronteira para fugirem da terrível segunda vaga do coronavírus, tenha sido para acederem ao sistema de saúde nepalês ou escaparem para um terceiro país.

Por Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.