Futebol/Mundial 2022: Cabo Verde disputa entre setembro deste ano e março de 2022 a qualificação para o Campeonato do Mundo

6/05/2021 13:50 - Modificado em 6/05/2021 13:52
| Comentários fechados em Futebol/Mundial 2022: Cabo Verde disputa entre setembro deste ano e março de 2022 a qualificação para o Campeonato do Mundo

A seleção cabo-verdiana de futebol vai disputar, entre os meses de setembro deste ano e março de 2022, a qualificação para a Mundial de Futebol 2022 que se realizada no Catar, isto depois de a Confederação Africana de Futebol (CAF) ter decidido por novo adiamento dos jogos de apuramento devido a covid-19.

A entidade afirmou nesta quinta-feira que o Comitê de Emergência da CAF, em consulta com a FIFA, decidiu adiar os jogos de qualificação da CAF para o Campeonato do Mundo FIFA Qatar-2022, que deveriam ser disputadas em junho de 2021, após levar em consideração os desafios atuais causados pela pandemia de COVID-19, e precisa garantir as melhores condições de jogo para todas as equipas participantes.

Os jogos ocorrerão em quatro janelas de competição, com duas partidas em cada. A previsão é de que o primeiro período seja no mês de setembro, depois em outubro, novembro e por último em março de 2022. 

De realçar que após a fase de grupos, haverá uma nova ronda onde as 10 seleções africanas apuradas disputam, numa eliminatória, as cinco vagas do continente para o Mundial de futebol.

A mesma fonte garante que está “reavaliando os seus protocolos e processos para aprimorar a implementação de protocolos relacionados com a COVID-19”, incluindo o “foco específico em testes pré-jogo que foram a fonte de alguns desafios em janelas anteriores”.

De acordo com a CAF, detalhes completos sobre o cronograma de jogo atualizado serão fornecidos no momento oportuno.

Cabo Verde recorda-se integra o Grupo C com a Nigéria, República Centro Africana e Libéria.

O Mundial de Futebol FIFA 2022 disputa-se no Qatar de 21 de Novembro a 18 de Dezembro de 2022.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.