Seguros em Cabo Verde caíram 6% com a pandemia

4/05/2021 21:21 - Modificado em 4/05/2021 23:09
| Comentários fechados em Seguros em Cabo Verde caíram 6% com a pandemia

O mercado segurador cabo-verdiano reduziu-se 6% em seguros diretos no ano de 2020, situando-se nos 2.674 milhões de escudos, devido aos impactos da pandemia, segundo estimativa da seguradora Impar.

No relatório e contas de 2020 da seguradora, uma das duas que opera em Cabo Verde, é referido que os dados provisórios de dezembro indicam que a produção de seguro direto – todos os contratos realizados entre segurado e segurador – no país, globalmente, “inverteu a tendência de crescimento que se vinha a observar nos últimos anos”.

O mercado segurador nacional tinha crescido 10,5% em 2019, quando passou a valer 2.850 milhões de escudos, num arquipélago com cerca de 550 mil habitantes.

De 2019 para 2020, esse mercado recuou o equivalente a 176,2 milhões de escudos, “acompanhando o comportamento do mercado claramente impactado pela pandemia da covid-19”.

A seguradora refere que “não obstante o contexto exigente vivido em 2020, o setor manteve a capacidade de resposta profissional, diligente e célere com o objetivo de mitigar as consequências das perdas associadas aos sinistros na vida das famílias e das empresas”.

Acrescenta que ramo Vida cresceu em Cabo Verde 15%, “passando a valer praticamente 12% do total do mercado, destacando-se o crescimento do Vida Financeiro”, e que a diminuição do volume de produção foi influenciada pelo comportamento do segmento Não Vida, que sofreu uma quebra de 8%, para 2.354 milhões de escudos.

“O ano de 2020 foi um ano de muitos desafios para a gestão do setor segurador, marcada pela crise global de saúde pública provocada pela pandemia da covid-19, que se traduziu no pior choque económico desde a independência nacional.

O setor continuará a trabalhar para manter e reforçar a sua posição de solidez, credibilidade e resiliência, com o objetivo de aumentar os níveis de proteção dos consumidores e da sociedade em geral”, reconhece a seguradora, criada em 1992.

Juntamente com a Garantia, a Ímpar divide o mercado segurador em Cabo Verde e conta na sua estrutura acionista com a Sociedade Comercial Vasconcelos Lopes (20%), ING – Investimentos e Gestão (20%), Labesfal Farma (20%) e OLIGEST – Investimentos (10,62%), entre outros.

C/Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.