África com mais 260 mortos e 4.860 infetados nas últimas 24 horas

4/05/2021 12:44 - Modificado em 4/05/2021 12:45
| Comentários fechados em África com mais 260 mortos e 4.860 infetados nas últimas 24 horas

África registou mais 260 mortes associadas à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 122.329 desde o início da pandemia, e 4.860 novos casos de infeção, segundo os dados oficiais mais recentes no continente.

© Reuters

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de infetados nos 55 Estados-membros da organização é de 4.578.902 e o de recuperados da doença nas últimas 24 horas é de 7.874, subindo para 4.125.114 desde o início da pandemia.

A África Austral continua a ser região mais afetada, registando 1.972.138 infetados (número que foi revisto em baixa face aos valores divulgados há 24 horas: 1.972.613) e 62.204 mortos associados ao contágio com a doença. Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, regista 1.584.961 casos e 54.452 mortes.

O Norte de África é a segunda zona mais atingida, com 1.375.569 infetados e 40.299 vítimas mortais.

A África Oriental contabiliza 608.718 infeções e 11.430 mortos, enquanto na África Ocidental o número de infeções é de 460.606 e o de mortes é de 6.080. Na África Central, há 161.871 casos de infeção e 2.576 óbitos registados.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 13.531 mortes e 230.713 infetados, seguindo-se a Tunísia, com 10.915 mortes e 312.747 casos de infeção. Marrocos contabiliza 511.912 casos de infeção e 9.032 mortes associadas à covid-19.

Entre os países mais afetados estão também a Etiópia, com 3.757 vítimas mortais e 258.813 infeções, e a Argélia, com 3.280 mortos e 122.717 infetados.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 815 mortes e 70.000 casos, seguindo-se Angola (603 óbitos e 27.133 casos de infeção), Cabo Verde (226 mortos e 24.548 casos), Guiné Equatorial (112 óbitos e 7.694 casos), Guiné-Bissau (67 mortos e 3.736 casos) e São Tomé e Príncipe (35 mortos e 2.310 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.214.644 mortos no mundo, resultantes de mais de 153,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.