Futebol: CS Mindelense lidera destacado o ranking de clubes com 3.252,2 pontos

28/04/2021 22:27 - Modificado em 28/04/2021 22:27

O centenário Clube Sportivo Mindelense, (fundado em 1919) e que tem o maior número de títulos nacionais lidera confortavelmente o ranking de clubes da Federação Cabo-verdiana de Futebol com um total de 3.252,2 pontos.

Dados avançados na tarde de hoje pelo jornalista Marcos Fonseca, na cidade da Praia, colocam ainda o Sporting da Praia com 2.913,4 pontos e o Derby de São Vicente com 1.179,4 pontos no top 3 deste ranking nacional de clubes.

De acordo com Marcos Fonseca, para a elaboração deste ranking foram considerados a Supertaça de Cabo Verde (50 pontos), Taça de Cabo Verde (80 pontos para o campeão, 20 para o vice-campeão e 12 para as equipas que disputaram as meias-finais), e o Campeonato Nacional de Futebol com 10 pontos pela participação, 120 pontos para o campeão, 25 para o vice-campeão e 15 para as equipas que jogaram as meias-finais.

O mesmo diz ainda que foram dados 3 pontos aos clubes por jogo, 5 por vitória e 1 por empate. Para as derrotas, as equipas foram penalizadas em 0,5 pontos e cada golo marcado valeu 3 pontos.

Segundo a mesma fonte, aparecem ainda os clubes Boavista da Praia, Académica do Aeroporto do Sal e a Académica do Porto Novo em posições subsequentes. 

“Fizemos um trabalho de pesquisa sobre estas três competições para encontrar resultados, títulos, nomes de jogadores, melhores marcadores, etc. Não encontramos tudo porque faltam registos, mas conseguimos reunir muita coisa” sustentou Marcos Fonseca, que fala num trabalho em andamento.

Um ranking, de acordo com o jornalista, refere-se às conquistas nacionais que os clubes conseguiram desde a independência de Cabo Verde, provas que arrancaram em 1976, com o Campeonato Nacional e que não foi realizado nos anos de 1982, 1986 e 2020 em que esteve suspensa.

O mesmo salientou que foram examinadas as sete edições da Taça de Cabo Verde, que arrancou em 1982 e teve como primeiro vencedor o CS Mindelense e a Super Taça, competição que surgiu nos últimos anos.

Por sua vez, o Presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, Mário Semedo elogiou o trabalho feito, adiantando que somente com trabalhos do tipo o futebol nacional dará passos para o seu maior desenvolvimento. Para Mário Semedo este projeto seguirá adiante, mesmo com algumas críticas recebidas por parte de algumas entidades presentes na cerimónia de apresentação, adiantando que sendo um projeto novo, certamente faltam alguns dados que vão ser inseridos assim que o momento permitir.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.