Sal: Prisão preventiva e apresentação periódica e interdição de saída a suspeitos da prática em co-autoria de crimes de roubo

23/04/2021 16:36 - Modificado em 23/04/2021 16:36

O Tribunal da Comarca do Sal, aplicou prisão preventiva a um dos seis indivíduos detidos quarta-feira pela Polícia Judiciária, no Sal, por alegada prática em co-autoria de vários crimes de roubo, enquanto os outros ficam obrigados a apresentação semanal na PJ e obrigatoriedade de permanência na ilha.

Como já tinha noticiado o NN, a detenção dos seis indivíduos, sendo dois do sexo feminino e quatro do sexo masculino, foi efectuada pela Polícia Judiciária (PJ), fora de flagrante delito, mediante cumprimento de um mandado do Ministério Público.

São suspeitos da prática em co-autoria de vários crimes de roubo em residências e estabelecimentos comerciais e de receptação, ocorridos entre setembro de 2020 e fevereiro de 2021, em diversas localidades da cidade de Espargos.

Os mesmos com idade compreendida entre os 19 e 29 anos, já com várias passagens pela polícia, foram presentes, esta quinta-feira, 22, ao Tribunal da Comarca do Sal, que aplicou prisão preventiva a um deles e apresentação semanal nas instalações da PJ e obrigação de permanência na ilha do Sal, aos restantes cinco detidos.

Na sequência das investigações, foram também recuperados vários objetos subtraídos.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.