Legislativas 2021: Líderes do PAICV e PP colocam lugares à disposição

19/04/2021 14:42 - Modificado em 19/04/2021 14:42
| Comentários fechados em Legislativas 2021: Líderes do PAICV e PP colocam lugares à disposição

Após o sufrágio das eleições legislativas de ontem que ditaram nova vitória do Movimento para Democracia (MpD), os líderes do PAICV e do PP, Janira Hopffer Almada e Amândio Barbosa Vicente, respetivamente, colocaram os seus lugares a disposição.

Estes são até ao momento os dois líderes partidários, que devido aos resultados eleitorais obtidos e que segundo os mesmos ficaram aquém das expetativas, decidiram colocar os lugares à disposição.

O primeiro a dar o mote foi a presidente do PAICV Janira Hopffer Almada, que na noite de ontem, durante o seu discurso após a vitória do MpD, reconheceu a derrota do seu partido e avançou que nos próximos dias irá apresentar a sua demissão junto dos Órgãos do Partido.

Posição reforçada na manhã de hoje, onde através de um comunicado na sua página oficial, agradeceu a todos os dirigentes, militantes, amigos e simpatizantes do PAICV, bem como muitos cidadãos que, não tendo filiação partidária, acompanharam-na nesta caminhada, iniciada a 14 de dezembro de 2014, data em que foi eleita, pela primeira vez, Presidente do PAICV.

“Apresentarei, nos próximos dias aos Órgãos do Partido, o meu pedido de demissão do honroso cargo de Presidente do PAICV, que exerci nos últimos 6 anos, fazendo o melhor que sabia e que podia, e colocando sempre em primeiro lugar o interesse colectivo, tendo por base princípios e valores de uma Esquerda Moderna, Progressista e Democrática!” lê-se.

Já Amândio Barbosa Vicente, presidente do Partido Popular (PP) que obteve pouco mais do que 700 votos nestas eleições, considerou os resultados provisórios das eleições legislativas “extremamente baixos” para aquilo que eram as expectativas do partido e diz que as suas propostas não foram bem entendidas pela população.

Amândio Barbosa Vicente assegurou ainda que os resultados serão analisados junto da direcção do partido e que o seu lugar à frente do PP estará à disposição, caso houver necessidade de uma nova liderança.

E se for substituído, garante, irá continuar a ser um cidadão ativo na sociedade cabo-verdiana, nomeadamente através da escrita em jornais, como aliás já fazia antes de assumir a direção do PP.

Ao vencedor das eleições, Ulisses Correia e Silva, deixou um alerta, ao dizer que a sua governação não será fácil, pois o PP vai continuar a denunciar situações de corrupção e irregularidades e lutar pela transparência e boa gestão da coisa pública.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.