Legislativas 2021/Gastos na campanha eleitoral: MpD vai gastar 95 mil contos, UCID 14,5 mil e PAICV não revela

8/04/2021 20:56 - Modificado em 8/04/2021 20:56
| Comentários fechados em Legislativas 2021/Gastos na campanha eleitoral: MpD vai gastar 95 mil contos, UCID 14,5 mil e PAICV não revela

Para o financiamento da campanha eleitoral, conforme o artigo 124 do Código Eleitoral, dita que os partidos políticos podem contrair empréstimos bancário junto das instituições nacionais, a contribuição de candidatos, donativos de militantes e simpatizantes.

Neste sentido, os três partidos que concorrem em todos os círculos eleitorais, não obstante a pandemia e todos as questões financeiras causadas, possuem um orçamento “chorudo” para financiar as suas campanhas.

O Movimento para a Democracia (MpD), que procura a renovação do seu mandato no governo, nas eleições legislativas de 18 de abril, possui um orçamento de 95 mil contos.

Segundo Paulo Veiga, citado pelo A Nação, dos 95 mil contos disponíveis para esta campanha, cerca de 85 mil foi contraídos junto da banca e os restantes 10 mil contos mobilizados através dos “recursos do partido, obtidos através de cotização dos militantes e de doações”.

E que 50% da verba está a ser canalizada para material de campanha, 25% para gastos de comunicação, 10% deslocações dos candidatos e 15% na logística.

Da parte do PAICV, o Coordenador Nacional das Legislativas de 2021, Fernando Moeda, sem revelar o montante a ser gasto, disse que ao orçamento foi feito com base numa projeção de votos e tendo em conta o montante da subvenção do Estado por cada voto validamente expresso.

O orçamento da UCID para custear as despesas de campanha para eleições legislativas de 18 de abril de 2021 é de 14,5 mil contos, para suprimir as despesas em todos os 13 círculos eleitorais em que concorrem.

E depois de os partidos apresentarem as suas contas na CNE e passarem o crivo dessa instituição, vão ser ressarcidos conforme os votos obtidos, sendo que cada um destes três partidos recebe 750 escudos por cada voto a favor depositado nas urnas a 18 de abril.

Nestas eleições legislativas cabo-verdianas são eleitos para um mandato de cinco anos um total de 72 deputados, incluídos os dois eleitos pelo círculo de África, dois pelo círculo da América e dois pelo círculo da Europa e Resto do Mundo.

O Movimento para a Democracia (MpD), Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) e União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) concorrem em todos os 13 círculos eleitorais no país e no estrangeiro. Depois, o PP concorre em cinco círculos, o PSD em quatro e o PTS em cinco.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.