Papalele impedido de representar a seleção por questões burocráticas

22/03/2021 20:22 - Modificado em 22/03/2021 20:22

O avançado do Leixões Sub-23, Hélio Silva “Papalele”, por questões burocráticas vai falhar presença no estágio de preparação da seleção cabo-verdiana de futebol, que arrancou  hoje, tendo em vista os confrontos com Camarões e Moçambique a contar para a qualificação do CAN 2021.

A informação é avançada pela Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) na sua página oficial, assegurando que Papalele, por questões burocráticas, não foi possível juntar-se ao grupo de trabalho da seleção nacional, que prepara na cidade da Praia o primeiro de dois jogos cruciais rumo ao CAN 2021.

Papalele vê assim gorada mais uma oportunidade para, finalmente se estrear com a camisola principal dos Tubarões Azuis, isto depois de em 2018 não ter conseguido integrar a lista final de convocados de Rui Águas para o jogo frente ao Ruanda, isto quando ainda representava o CS Mindelense.

Por este motivo, citando a mesma fonte, Papalele será substituído por Steve Furtado, que num primeiro momento, não tinha sido autorizado pelo clube para viajar para Cabo Verde, devido as restrições sanitárias impostas pelo governo búlgaro.

A FCF avança ainda que o jogador já se encontra em viagem para Cabo Verde, onde irá juntar-se à restante comitiva da nossa seleção que na tarde de hoje deu arranque à operação Camarões com o primeiro treino no Estádio Nacional.

Steve Furtado que joga no Béroe da Bulgária, já conta com três internacionalizações, tendo feito a sua estreia pela seleção nacional em outubro do ano passado.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.