Tribunal manda para prisão assaltante de residências na ilha do Sal

22/03/2021 13:58 - Modificado em 22/03/2021 13:58

O indivíduo de 27 anos é suspeito da prática de mais de duas dezenas de crimes de roubo, assaltos à mão armada, a residências e estabelecimentos comerciais, ocorridos entre julho de 2016 e fevereiro de 2021, em diversas localidades da ilha do Sal.

Em comunicado, a Polícia Judiciária informa que o homem foi detido pelo Departamento de Investigação Criminal do Sal (DICS), numa operação conjunta com a Polícia Nacional, em cumprimento de um mandado do Ministério Público, na passada sexta-feira, 19, fora de flagrante delito, no bairro de Alto Santa Cruz – Espargos.

Ainda na sequência das investigações, foram recuperados vários objetos, que se presume serem produtos dos roubos, cujos valores ascendem os 3.000.000$00 (três milhões de escudos).

O detido, que vinha sendo procurado pela polícia há mais de três anos, foi presente no tempo legal às autoridades judiciárias competentes, para efeito de primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação pessoal, tendo-lhe sido aplicado prisão preventiva.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.