Próximo recenseamento geral da população vai-se realizar em Junho

18/03/2021 23:14 - Modificado em 18/03/2021 23:14

O novo censo geral da população vai decorrer de 16 a 30 de Junho, em todo o país. A informação foi divulgada por Osvaldo Borges, presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo aquele responsável, trata-se de uma operação de “grande envergadura”, pelo que o seu sucesso dependerá do envolvimento de todos.

Tendo em conta que o país estará ainda a viver uma situação de pandemia da covid-19, e sobre o perigo que pode representar o recenseamento geral, o presidente do INE afirmou estarem “conscientes” disto, pelo que estão em “estreita relação com as entidades sanitárias nacionais”.

“Construímos uma agenda muito específica e com um conjunto de restrições e obrigações com que iremos trabalhar para que o protocolo do censo no contexto da covid seja implementado com maior normalidade”, realçou, acrescentando que os próprios parceiros internacionais têm colocado esta preocupação.

Lembrou que já desde setembro têm estado a testar os equipamentos de protecção individual em alguns inquéritos, nomeadamente com o que foi feito junto das empresas e, também, das famílias, ou seja, o Inquérito Multiobjectivo.

Na sua perspetiva, isto significa que há uma “experiência da parte do INE” nesse sentido, ou seja, para que em junho se inicie o censo na normalidade.

Osvaldo Borges fez essas declarações à Inforpress, à margem da assinatura de um protocolo com o gestor da Casa do Cidadão, João Pedro Cruz, que visa disponibilizar dados estatísticos provenientes de censos, de inquéritos por amostragem e de registos administrativos por ambas as partes.

Com este acordo, disse o presidente do INE, tudo que for feito ao nível do censo será partilhado com a Casa do Cidadão, o que significa que “estará mais próximo do cidadão cabo-verdiano e das empresas”.

“Este protocolo tem uma importância relevante não só para o cidadão e para as empresas, mas também para outras instituições cabo-verdianas, a nível central e local, de que temos de estar juntos para que possamos atingir o sucesso pretendido com o recenseamento geral da população no mês de junho”, apontou Osvaldo Borges.

C/ Inforpress

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.