FIFA determina que a nenhum clube será exigida a cedência de um atleta às seleções nacionais caso “existam restrições nas viagens”

11/03/2021 15:48 - Modificado em 11/03/2021 15:48

A poucos dias para os jogos oficiais das seleções nacionais africanas tendo em vista o apuramento para a CAN’2021, o Comité Executivo da FIFA estabeleceu algumas alterações temporárias quanto à cedência obrigatória de jogadores às seleções nacionais.

Estas alterações temporárias, segundo a entidade máxima que gere o futebol mundial, têm por base preservar a saúde e o bem-estar de todos os que estão envolvidos em competições internacionais.

A FIFA determina assim que a nenhum clube será exigida a cedência de um atleta caso “existam restrições nas viagens”, nem quando “as autoridades competentes rejeitarem conceder isenções aos jogadores selecionados”.

Um facto que já começa a afetar algumas seleções africanas como é o caso do Bordéus, da liga francesa, que não aceitou dispensar Edson Mexer, para os jogos de Moçambique com o Ruanda e Cabo Verde, a contar para a quinta e sexta jornada do Grupo F de apuramento para o CAN’2021.

Uma situação que poderá afectar ainda a nossa seleção, já que a grande maioria dos jogadores que normalmente são chamados para representar o nosso país militam em ligas europeias.

O jogo com Moçambique, a contar para a 6.ª e última jornada do grupo F está marcado para o dia 30 de março em Maputo. Antes disso, a 26 de Março, Cabo Verde defronta os Camarões, no Estádio Nacional, na Cidade da Praia, em jogo a contar para quinta jornada de apuramento para o CAN’2021.

O estágio da selecção nacional, de acordo com o programa hoje divulgado pela Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), vai de 21 a 31 de março, com início na Praia e término na cidade de Maputo, em Moçambique.

Neste grupo F de apuramento a seleção dos Camarões, já qualificada na qualidade de país anfitrião do CAN’2021, comanda com 10 pontos, seguida de Moçambique e Cabo Verde com quatro pontos cada, ao passo que o Ruanda, soma dois pontos.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.