Governo garante retomada para breve das operações da Cabo Verde Airlines

10/03/2021 21:40 - Modificado em 10/03/2021 21:40

Com atividades suspensas desde março do ano passado, devido a pandemia da covid-19, o governo garantiu para breve a retoma das operações da companhia aérea Cabo Verde Airlines (CVA).

O primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva, disse que brevemente as operações da CVA irão começar tendo em conta o momento difícil que estamos a viver, garantindo, no entanto que tudo está preparado para que se reiniciem as operações.

Sobre a data da assinatura do novo contrato com a empresa Loftleider Icelandic, do grupo Icelandair (Islândia), para a gestão da transportadora nacional, em que o Estado vai passar a ter dois administradores no conselho de administração da Cabo Verde Airlines, sendo que um deles será “executivo e terá poderes amplos” que permitirão ao Estado passar a ter o controlo financeiro da empresa.

As informações, segundo a imprensa nacional, dão conta de Sara Pires, ex-presidente do conselho de administração da Radiotelevisão Cabo-verdiana (RTC), é a escolha do Governo para integrar o conselho de administração da CVA à luz do novo acordo.

Um nome que o primeiro-ministro não confirmou nem desmentiu, adiantando apenas que o nome do representante do Estado na direção da CVA será indicado brevemente.

No dia 26 de fevereiro, o ministro dos Transportes, Carlos Santos, anunciou a aprovação de mais um aval à CVA no montante de 4 milhões de euros (cerca de 440 mil contos cabo-verdianos) para o reinício das operações e para financiar parte do saldo operacional negativo estimado num período de cinco meses.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.