João Santos Luís: “Amadeu Oliveira foi convidado para integrar a lista da UCID muito tempo antes de toda a polémica que estamos a viver neste momento”

9/03/2021 17:13 - Modificado em 9/03/2021 17:13

O mandatário para as eleições legislativas do próximo dia 18 de Abril para o círculo eleitoral de São Vicente do partido da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), João Santos Luís, explica que o nome de Amadeu Oliveira, que surge na lista de candidatos a deputados, vem na sequência da renovação da lista do partido e como cidadão nacional tem legitimidade para tal.

O nome do Advogado Amadeu Oliveira, que está neste momento a ser julgado por 14 crimes de ofensa e injúria contra juízes do Supremo Tribunal de Justiça, surge na terceira posição da lista da UCID, hoje entregue ao Tribunal da Comarca de São Vicente, tendo em vista as eleições legislativas de 18 de Abril.

João Santos Luís começou por esclarecer que a presença de Amadeu Oliveira na lista, surgiu através de um convite feito pelo presidente do partido, António Monteiro, “muito tempo antes de toda a polémica” que o advogado está a viver neste momento.

“Isso não implica que nós não possamos renovar a nossa lista e trazer outras capacidades para as fileiras da UCID, para que de facto nos possa ajudar e também a Cabo Verde.

De acordo com João Santos Luís a presença de Amadeu Oliveira na lista não surge por interesse político, mas sim por se tratar de um cidadão nacional, poderá participar em qualquer lista. “Portanto, ele foi convidado pelo partido, tendo aceitado”. “Tem os seus direitos políticos adquiridos pela Constituição da República, portanto não vemos nada de mal nisso” concluiu.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.