Menos 15.500 pessoas, por dia, andaram de autocarro em Cabo Verde durante a pandemia

1/03/2021 22:16 - Modificado em 1/03/2021 22:16

De acordo com o relatório anual dos transportes, relativo a 2020 e produzido pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) de Cabo Verde, a pandemia da Covid-19, tirou quase 17.500 passageiros por dia ao transporte público em autocarros no país, durante 2020.

Conforme este relatório, este número é um grande recuo na procura, a níveis anteriores a 2016. Segundo estes dados, os transportes terrestres, em autocarros, somaram 13.794.316 passageiros, uma quebra de 31,6% face a 2019.

Esta fase é explicada com o estado de emergência que vigorou no arquipélago em abril e maio, para conter a pandemia de covid-19, e medidas posteriores de limitação da circulação e da lotação dos autocarros, pelos mesmos motivos.

O total de passageiros transportados em autocarros no último ano recuou a níveis anteriores a 2016 (14.978.375 passageiros), segundo o histórico disponibilizado pelo INE.

A oferta dos autocarros também caiu em 2020, 13% face a 2019, para 21.967.154 lugares, enquanto a distância total percorrida sofreu a maior queda, 31,3%, para 5.104.888 quilómetros em todo o ano.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.