Italianos investem 90 mil euros para ajudar Cabo Verde nos testes ao novo coronavírus

1/03/2021 22:10 - Modificado em 1/03/2021 22:10
Foto: Inforpress

Este montante, 90 mil euros, um investimento num novo laboratório de análises clínicas que começou a funcionar esta semana, na cidade da Praia, para ajudar Cabo Verde nos testes ao novo coronavírus.

Os promotores dizem que esta é uma forma de ajudar o país. Valter Vigini, gerente da Sanigo.CV, italiano que vive há 14 anos no arquipélago, citado pela Lusa diz que o laboratório vai ter a capacidade de fazer cinco tipos de testes à covid-19, com o gerente a destacar a sua rapidez, em equipamentos sem custo de manutenção e que vão ser mudados a cada dois anos.

Segundo a diretora técnica da Sanigo.CV, Jacqueline Monteiro, há três ‘kits’ de testes para detenção de anticorpos (IgG e IgM) e um que quantifica a quantidade de anticorpos presente no sangue.

O outro teste vai detetar se a vacina contra a covid-19 está a fazer efeito, ou não, 20 dias após a segunda dose. “É importante para a pessoa e para o país saber se as vacinas que estamos a adquirir são eficazes”, continuou a responsável, sublinhando a importância deste teste.

A clínica vai fazer outras análises e testes de rotina, ainda segundo a diretora técnica, acrescentando que o laboratório tem “equipamentos avançados” que permitem dar respostas em 10 a 15 minutos para os testes rápidos.

Quanto aos testes de virologia (RT-PCR), Jacqueline Monteiro disse que a clínica ainda não está a fazer porque as instalações em Achada de Santo António não permitem e o equipamento que pretendem adquirir ainda não está disponível para o efeito.

Cabo Verde prevê receber ainda este mês as primeiras vacinas no âmbito da Covax, uma iniciativa conjunta da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Aliança para Acesso às Vacinas (Gavi), e ainda este ano pretende imunizar pelo menos 35% da população, superior às previsões de 20% do Plano Nacional de Vacinação.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.