Prorrogação do estado de calamidade em São Vicente coloca campeonatos regionais em stand by.

19/02/2021 23:35 - Modificado em 19/02/2021 23:35
| Comentários fechados em Prorrogação do estado de calamidade em São Vicente coloca campeonatos regionais em stand by.

A prorrogação do estado de calamidade em São Vicente, que vigora até 18 de março, deixou em stand by a realização dos campeonatos regionais de futebol da nova época desportiva, no entanto a decisão final será conhecida na próxima semana.

A retoma do futebol na ilha de São Vicente afigura-se cada vez mais como um cenário difícil, visto que para além da prorrogação do estado de calamidade, encontram-se em curso as obras de reabilitação do Estádio Adérito Sena e o Centro de Estágio da Federação Cabo-verdiana de Futebol, que poderia servir de alternativa, funciona, atualmente, como hospital de campanha para doentes de covid-19.

Cenários que colocam em stand by a possível retoma do desporto rei na ilha de São Vicente, que caminha a passos largos para um ano de paragem, visto que a suspensão remonta ao dia 14 de março de 2020, precisamente após os jogos das meias-finais da Taça de São Vicente.

Contactado o presidente da Associação Regional de Futebol de São Vicente, César Lima, este garante que por estes dias haverá um encontro da direção da ARFSV com os representantes dos clubes filiados, para a tomada de uma decisão final sobre a época futebolística na ilha, que será comunicada na próxima semana.

Para já o mesmo não quer projetar possíveis cenários se existem ou não condições para a retoma do futebol na ilha, deixando a decisão para os clubes filiados.

De realçar que todos os clubes da 1ª divisão de São Vicente já estão inscritos na plataforma Cabo Verde Connect.

De recordar que as inscrições dos clubes na plataforma “Cabo Verde Connect”, encerraram no passado dia 21 de janeiro, para possibilitar a inscrição de mais clubes, jogadores e dirigentes, como avançou a Federação Cabo-verdiana de Futebol.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.