Ultrapassada mais uma barreira global: 110 milhões de casos de Covid-19

18/02/2021 16:25 - Modificado em 18/02/2021 16:25

O mundo já ultrapassou a barreira dos 110 milhões de casos de Covid-19, de acordo com os dados oficiais da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, desta quinta-feira. Existem atualmente 110.002.089 infeções em cerca de 192 países e territórios, juntando-se também 2.432.607 vítimas mortais.

Este marco é alcançado precisamente dois dias depois de ter sido ultrapassada a barreira dos 109 milhões de infeções a nível mundial, o que mostra a velocidade avassaladora do vírus a atingir um novo milhão de casos, ainda que a incidência esteja a diminuir globalmente.

Estados Unidos, Índia e Brasil são os países mais afetados pela pandemia viral. O primeiro lugar continua a pertencer aos norte-americanos nos dois indicadores. Os restantes situam-se por esta ordem em número de infeções.

Os EUA registam atualmente 27.827.801 confirmados de infeção pelo novo coronavírus e ainda 490.717 mortes, sendo atualmente o mais afetado nos dois indicadores, número de casos e número de vítimas mortais, com novos recordes todos os dias.

Segue-se a Índia em número de infeções, contabilizando um total de 10.950.201 e ainda 156.014 óbitos. Muitos especialistas acreditam, porém, que os números reais são muito maiores, devido à subnotificação e ao número relativamente baixo de testes realizados na Índia.

Colado está também o Brasil com 9.978.747 casos confirmados do novo coronavírus, mas um maior número de mortes, que se fixam em 242.090. O México é agora o terceiro país do mundo com maior número de mortes, com um total de 177.061. O número de casos é mais baixo mas ainda é elevado: 1.013.563.

Portugal registou ontem 127 mortes relacionadas com a covid-19 e 2.324 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde março de 2020, o nosso país já registou 15.649 mortes associadas à covid-19 e 790.885 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.