“Noite de Vento” de Aurélio ‘Nhô Roque’ Gonçalves reeditado

11/02/2021 23:25 - Modificado em 11/02/2021 23:25

O Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através da Biblioteca Nacional de Cabo Verde (BNCV), apresenta a obra reeditada “Noite de Vento”, nesta sexta-feira, 12 de fevereiro, na sala de conferência da BNCV.

Conforme nota do governo, o executivo da IX Legislatura assumiu o compromisso para a promoção do livro, da leitura, da literatura cabo-verdiana. Uma política adoptada para incentivar a literacia em Cabo Verde.

Noite de Vento reúne emblemáticas novelas do notável escritor cabo-verdiano António Aurélio Gonçalves, publicadas ao longo da segunda metade do século XX.

A primeira edição desta obra, dada à estampa pelo Instituto Cabo-verdiano do Livro em 1985, encontra-se há muito esgotada, razão pela qual a BNCV, dando continuidade à implementação do projeto reedição dos clássicos.

António Aurélio Gonçalves nasceu na cidade do Mindelo, ilha de São Vicente, a 25 de Setembro de 1901, onde viria a falecer, vítima de atropelamento, a 30 de Setembro de 1984.

Concluídos os preparatórios do ensino liceal no antigo seminário-liceu de São Nicolau, seguiu para Portugal em 1917, onde permaneceu até aos inícios de 1939 e frequentou o ensino universitário, vindo, após algumas passagens por três faculdades, a concluir o curso de Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras de Lisboa.

Nesta cidade, durante os vinte e dois anos que aí viveu, dedica-se intensamente à vida literária, tendo publicado, entre colaboração dispersa por alguns periódicos, um ensaio que ainda hoje se mantém actual: “Aspectos da Ironia de Eça de Queirós”.

Regressa a Cabo Verde e a par da atividade de professor do ensino liceal consagra-se à literatura de ficção. Novelista, crítico, ensaísta, figura de destaque das letras cabo-verdianas, com títulos publicados nestas diversas áreas, tem, reunidas em “Noite de Vento” algumas das narrativas mais conseguidas da literatura de Cabo Verde. O mesmo se aplica com toda a justiça a “Terra da Promissão”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.