Polícia Nacional de Cabo Verde reforça investigação com nova direção central

10/02/2021 00:25 - Modificado em 10/02/2021 00:25

O diretor nacional da Polícia Nacional, Emanuel Moreno, assumiu hoje que estão criadas as condições para melhorar a investigação criminal no país, com a inauguração da direção central da força policial, com sede na Praia

“A partir de agora, cremos que já estão reunidas as condições elementares para melhorarem ainda mais o ‘score’”, afirmou o diretor nacional, dirigindo-se aos elementos da Polícia Nacional que asseguram a investigação criminal, até agora de forma descentralizada.

“Mais e melhores ganhos teremos, particularmente no domínio das investigações. Estando a Direção Central de Investigação Criminal instalada e equipada com os meios humanos, técnica e taticamente preparados, enfrentaremos com sucesso as adversidades do dia-a-dia e os casos que à Polícia Nacional forem levados”, disse à Lusa Emanuel Moreno, destacando, no entanto, a necessidade do reforço de meios.

A nova Direção Central de Investigação Criminal da PN foi inaugurada na Praia, na presença do ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, que destacou a importância da nova unidade.

“Primeiro a qualificação e o reforço da investigação criminal no seio da Polícia Nacional, com uma instituição dedicada e uma estrutura de coordenação. E a coordenação é o segundo grande objetivo”, apontou o ministro.

“Nós temos esquadras de investigação criminal nas ilhas, temos núcleos de investigação criminal, agora passamos a contar com uma estrutura nacional de coordenação da investigação criminal feita pela Polícia Nacional em todo o país”, acrescentou Paulo Rocha.

Esta nova direção central será também a “estrutura responsável pela articulação direta” da Polícia Nacional com o Ministério Público, a Procuradoria-Geral da República e a Polícia Judiciária.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.