Literatura: “Mornas eram as noites” é a oitava obra reeditada pela Biblioteca Nacional de Cabo Verde

4/02/2021 16:00 - Modificado em 4/02/2021 16:01

O livro “Mornas eram as noites”, da escritora Dina Salústio, a ser apresentado hoje, é a oitava obra reeditada pela Biblioteca Nacional de Cabo Verde (BNCV) no âmbito do programa da reedição dos clássicos.

Segundo adiantou à Inforpress a curadora da BNCV, Adelaide Monteiro, a apresentação desta reedição será feita através de uma “dinâmica de leitura” pelos alunos do 8º ano, 9º ano e 10º anos do liceu Cónego Jacinto, na Biblioteca Nacional, na Várzea.

“Vamos proporcionar um momento de conversa e de interação entre a escritora, os alunos e os professores. Esta é a oitava reedição que o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através da Biblioteca Nacional de Cabo Verde, está a fazer”, disse, informando que foram impressos 500 exemplares de “Mornas eram as noites”.

Esta colectânea de 35 contos, que aborda, maioritariamente, personagens, quotidianos e problemáticas femininas no arquipélago, foi publicada em 1994 e valeu à autora o Prémio de Literatura Infantil de Cabo Verde.

Até este momento, no âmbito do programa da reedição dos clássicos, já foram reeditados os livros “Poesia, Contos, Teatro”, “Pelos Jornais” e “Viagens Tormentos Cartas Postais”, de Eugénio Tavares, “Os Flagelados do Vento Leste” e “Chuva Braba”, de Manuel Lopes, “Famintos”, de Luís Romano, e “Chiquinho”, de Baltasar Lopes.

Sendo que, segundo Adelaide Monteiro, as obras dos escritores cabo-verdianos, que estão esgotadas, têm de estar disponíveis no mercado, a BNCV vai continuar este processo de reedição, de acordo com a disponibilidade financeira.

Para já, adiantou, o próximo da lista é “Noite de Vento”, de António Aurélio Gonçalves, previsto para ser lançado no próximo dia 12.

A reedição dessas obras, de acordo com uma nota de imprensa, é o compromisso assumido pelo Governo da IX Legislatura para a promoção do livro, da leitura e da literatura cabo-verdiana.

Ainda, sublinhou, é uma política adoptada para incentivar a literacia em Cabo Verde.

Inforpress

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.