Governo confirma que não há Carnaval, nem tolerância de ponto no dia de Cinzas

4/02/2021 13:40 - Modificado em 4/02/2021 13:40

O ministro da Administração Interna confirmou, esta manhã, que não haverá os tradicionais desfiles do Carnaval, este ano, nem a tolerância de ponto, que regularmente são decretadas por altura do carnaval.

Paulo Rocha disse ainda que foi decidido em Conselho de Ministros proibir qualquer manifestação cultural na Quarta-Feira de Cinza, devido à evolução da pandemia da Covid-19 em Cabo Verde.

“Ciente dos riscos e da propagação do vírus e do agravamento da doença que poderá decorrer no caso de uma acentuada mobilidade de pessoas, entende o Governo que o período que se aproxima exige adopção de medidas específicas, fundamentadas pelo imperativo de fazer prevalecer o princípio de precaução de saúde pública, razão pela qual foi decidido não será decretada a tradicional tolerância de ponto nesta época” referiu o ministro.

Ainda conforme Paulo Rocha, decidiu-se também, por razões de saúde pública, proibir os desfiles organizados de rua bem como as festas nos espaços públicos ou fechados, promovidas no âmbito do Carnaval ou de celebrações culturais do dia de Cinzas, assim como proibir as manifestações individuais e espontâneas de Carnaval, sempre que fomentarem o ajuntamento de pessoas.

Entretanto, os convívios nas residências particulares no quadro das comemorações da Quarta-feira de Cinzas, não são proibidas, mas estes devem acontecer num contexto restrito de natureza familiar de modo a se minimizar os riscos de disseminação da doença provocada pelo novo coronavírus.

Com o intuito de se fazer cumprir tais medidas, o executivo vai dar orientações “claras” às autoridades públicas competentes no domínio da fiscalização, no sentido de reforçarem as ações no que diz respeito, particularmente, ao cumprimento das regras de lotação e de funcionamento dos horários dos estabelecimentos, tendo em conta a evolução atual da pandemia, com destaque para as ilhas de São Vicente e Santiago.

De realçar que o Carnaval enquanto manifestação da Cultura popular é celebrado em todo o país particularmente nas ilhas de São Vicente e São Nicolau, e tem uma carga simbólica marcadamente associada à festa à folia, o que pode promover a aglomeração generalizada de pessoas, podendo fomentar uma grande mobilidade das mesmas, aumentando assim os riscos de propagação do vírus que esta na origem da pandemia que tem devastado o mundo.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.