Covid-19. Reino Unido proíbe entrada de passageiros com origem em Cabo Verde

14/01/2021 16:39 - Modificado em 14/01/2021 16:39
| Comentários fechados em Covid-19. Reino Unido proíbe entrada de passageiros com origem em Cabo Verde

Devido às suas “fortes ligações com o Brasil”, o Reino Unido anunciou esta quinta-feira, 14, que vai proibir a entrada de passageiros com origem em Cabo Verde, para evitar a entrada no país da estirpe brasileira do SARS-CoV-2.

A informação foi revelada por Grant Shapps, ministro britânico dos Transportes e em causa está a nova variante do novo coronavírus detetada no Brasil. A medida entra em vigor amanhã, dia 15 de janeiro, a partir das 04 horas da manhã.

“Tomei a decisão urgente de proibir chegadas da Argentina, Brasil, Bolívia, Cabo Verde, Chile, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela a partir de sexta-feira após informação sobre uma nova variante no Brasil”, anunciou o ministro dos Transportes, Grant Shapps, através da rede social Twitter e reproduzida por órgãos de comunicação social portugueses.

As viagens de Cabo Verde ficarão suspensas “devido às suas fortes ligações com o Brasil, funcionando como mais uma forma de reduzir o risco de importação de infeções”.

No entanto, o Governo britânico dá isenção aos transportadores para permitir a circulação de bens essenciais e também aos cidadãos britânicos e irlandeses e nacionais de países terceiros com direito de residência, que poderão entrar no país, mas cumprir quarentena de 10 dias.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.