Delegacia de Saúde. Festas realizadas “clandestinamente” no Natal e no Fim-do-Ano contribuíram para aumento de casos de covid-19

11/01/2021 10:46 - Modificado em 11/01/2021 10:46
| Comentários fechados em Delegacia de Saúde. Festas realizadas “clandestinamente” no Natal e no Fim-do-Ano contribuíram para aumento de casos de covid-19

A ilha de São Vicente registou, nesta última semana mais de 200 casos positivos do novo coronavírus tendo, neste domingo, 10, sido contabilizadas mais 42 pessoas infectadas em 208 amostras analisadas.

Este aumento, conforme a delegada de Saúde substituta, Jacqueline Cid, avançou à Televisão de Cabo Verde, deve-se às festas realizadas “clandestinamente” no Natal e no Fim-do-Ano.

“Nós sozinhos não conseguimos e vemos que esses resultados se devem às festas, blackFriday, aglomeração de pessoas nas lojas, vimos filas, enchentes de todas as lugares, até fila de ovo vimos”, observou.

Jacqueline Brito salientou que as festas que aconteceram na cidade e nas praias de mar e que, sublinhou, “não eram esperadas, tendo em conta a mensagem passada até agora”.

De realçar que São Vicente tem neste momento 220 casos ativos de covid-19.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.