UNTC-CS: “Frescomar poderá despedir 800 trabalhadores até ao final deste mês, 600 dos quais são mulheres da linha da produção”

8/01/2021 14:49 - Modificado em 8/01/2021 14:50
| Comentários fechados em UNTC-CS: “Frescomar poderá despedir 800 trabalhadores até ao final deste mês, 600 dos quais são mulheres da linha da produção”

Caso o Acordo de Derrogação das Normas de Origens entre Cabo Verde e a União Europeia não for renovado, a empresa Frescomar, em São Vicente, poderá despedir 800 trabalhadores até ao final deste mês, garante a secretária-geral da UNTC-CS, Joaquina Almeida.

Em conferência de imprensa, para balanço do ano findo e perspectivas para 2021, a líder da União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde – Central Sindical (UNTC-CS), refere que o ano 2021 inicia-se com um “mau presságio em termos laborais”, visto que a fábrica de transformação de pescado, Frescomar, “está na iminência de despedir 800 trabalhadores, 600 dos quais são mulheres da linha da produção em São Vicente”.

A mesma explicou que há cerca de cinco meses o Governo de Cabo Verde entregou o dossier mas até ao momento não obteve nenhuma resposta e a fábrica continua numa situação indefinida já que não pode continuar com a sua linha de produção sem poder exportar os seus produtos.

Nesta senda, exige que o Governo faça com que a diplomacia cabo-verdiana funcione junto da União Europeia de modo a evitar o despedimento de 800 trabalhadores sendo que 600 são mulheres chefes-de-família.

Atualmente estão empregados na unidade do Lazareto 1.500 pessoas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.