“Amá sem Mêde” de Cremilda Medina antecipa novo álbum que deve sair este ano

7/01/2021 15:55 - Modificado em 7/01/2021 15:55
CREMILDA MEDINA – FOTOGRAFIAS PROMOCIONAIS

O single “Amá sem Mêde”, da artista cabo-verdiana Cremilda Medina, que integra o seu novo álbum a ser editado em 2021, já está disponível no YouTube, e em todas as plataformas digitais.

Conforme nota de imprensa, este tema, é uma “uma prenda” da artista para celebrar o primeiro aniversário da proclamação da morna a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco, assinalado no passado mês de dezembro.

“Amá sem Mêde” é uma composição da autoria de Morgadinho, com arranjos de Nando Andrade, que também toca piano e percussão, Armando Tito, na guitarra de 6 e 12 cordas, José António, no cavaquinho, Fredy Pereira, no baixo, Daniel Salomé, no clarinete e Luís Machado, na percussão.

“Amá sem Mêde” revela-nos Cremilda Medina, é um tema que fala do amor, onde se enaltece a necessidade de amar. Essa é a mensagem principal que o tema transmite. O amor, a capacidade de amar alguém, saber amar incondicionalmente porque afinal sem amor o mundo fica triste e mais pobre.

De acordo com a mesma fonte, o novo álbum era para ter sido editado em 2020 mas devido a pandemia essa data foi alterada para este ano. Houve a necessidade de repensar as datas do projeto, “pois para mim não faria sentido editar um álbum e depois não o poder apresentar em palco, esperamos que este ano venha a ser possível a sua edição”.

O vídeo, filmado em Cabo Verde, é realizado pela produtora Clacket.

Em 2020 Cremilda Medina editou também dois outros singles, mas estes não farão parte do próximo álbum. “Tributo Final” uma morna de Manuel de Novas, foi editado no dia 18 de outubro, dia em que se celebra em Cabo Verde o Dia Nacional da Cultura e das Comunidades.

“Tributo Final” foi uma mensagem de incentivo e esperança que quis passar aos meus colegas de profissão e a todos aqueles que amam a nossa música e a nossa cultura no geral, “…Ca bocês dtchá morrê Folclore di nôs terra…” (vocês não deixem morrer o Folclore da nossa terra…) como retrata a composição” refere Cremilda.

Já em dezembro Cremilda deu “Boas Festas pa Cabo Verde” com o tema “Recordai”, uma composição de Teófilo Chantre. “Como este ano não se podia ir de casa em casa para “dar” Boas Festas, esta foi uma forma de entrar em casa de cada um e desejar umas boas festas…” explica a mesma.

Cremilda Medina fechou o ano em palco, no Mindelo, a sua terra natal, numa participação no “Fim d’One na Kasa”, um concerto sem público exclusivo para transmissão online.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.