São Vicente: PN faz avaliação “muito positiva” da operação ‘Natal-Fim de Ano’

6/01/2021 16:53 - Modificado em 6/01/2021 16:53
| Comentários fechados em São Vicente: PN faz avaliação “muito positiva” da operação ‘Natal-Fim de Ano’

Albertino Cruz, Subintendente da Polícia Nacional em São Vicente, faz uma avaliação “muito positiva” da actuação policial e o civismo das pessoas, durante a quadra festiva, não obstante o registo de 210 denúncias, o que representa um aumento de casos mas considerados “menos graves” em relação ao ano passado.

Albertino Cruz, que falava hoje à imprensa ao fazer um breve balanço, no âmbito do plano operacional da Polícia Nacional, “Natal e Fim do Ano em Segurança”, implementado de 15 de dezembro a 05 de janeiro, com foco na prevenção, sem descurar da vertente repressão em casos de manutenção ou reposição da ordem pública.

Ao fazer algumas comparações dos três períodos, isto é, Natal, Fim do Ano, e do dia 15 de dezembro a 05 de Janeiro, o também Comandante da Guarda-Fiscal, destacou o facto de, em relação ao ano transacto, ter havido um aumento do número de ocorrências mas não da gravidade das mesmas.

Ainda que este ano num cenário diferente por causa da pandemia de covid-19, Albertino Cruz considerou que os objectivos preconizados foram alcançados, durante esta acção policial, sem registos de incidentes graves, ressalvando a morte de um jovem provocada pela queda de um velocípede.

Referiu que durante este período foram registadas 79 denúncias, destacando 41 autos de denúncia por ofensas à integridade física, 21 por ameaças e 6 por Violência Baseada no Género.

Prosseguindo na apresentação dos resultados dos 22 dias da operação policial, a mesma fonte, informou que a nível do trânsito, registou-se 46 acidentes de viação que resultaram em 12 feridos ligeiros e 5 com alguma gravidade e um morto (Queda de Velocípede) e, com danos materiais nos veículos intervenientes.

Foram fiscalizadas 749 viaturas, e desta cifra, 35 foram apreendidas por situações diversas e aplicadas 56 coimas no valor total de 530 mil escudos. Ainda foram detidas 6 pessoas, sendo 4 por condução por efeito do álcool e 2 por condução sem habilitação legal.

No concernente a detenções, foram detidos um total de 78 indivíduos, dos quais 50 para efeitos de identificação e 28 que foram presentes ao Ministério Público por crimes diversos, designadamente, posse de armas brancas, posse de estupefaciente, ofensas à integridade física, roubo a pessoas na via pública, roubos em residências, brigas na via pública, condução de veículos sob efeito do álcool e também sem habilitação legal.

Em relação aos crimes contra o património, foram registadas 131 autos de denúncias com destaque para os crimes de furtos e roubos, sendo 65 furtos, (23 em residências, 16 na via pública, 14 em viaturas e 12 estabelecimentos comerciais), 48 roubos, sendo (26 na via pública e 22 em residências).

“Pelos dados apresentados, consideramos que esta quadra festiva decorreu de forma tranquila, reinando o civismo e a colaboração da população, o que facilitou de certa forma o nosso trabalho. Os casos, ora, apresentados, são casos rotineiros, sem algo de extraordinário que pudesse manchar o trabalho desenvolvido pelo Comando Regional de São Vicente.

É de louvar o empenho abnegado de todos os efetivos deste Comando Regional, cumprimos os objetivos preconizados no nosso plano, de forma satisfatória, pelo que o balanço é muito positivo” concluiu. O Plano de acção Natal e Fim do Ano em Segurança envolveu todas as valências da Polícia Nacional, isto é, todos os ramos policiais nas áreas de segurança na ilha de São Vicente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.