Artur Silva vence a São Silvestre de São Vicente pela terceira vez consecutiva

31/12/2020 21:13 - Modificado em 31/12/2020 21:13
| Comentários fechados em Artur Silva vence a São Silvestre de São Vicente pela terceira vez consecutiva
Artur Silva

O atleta Artur Silva venceu, na tarde de hoje e pela terceira vez consecutiva, na categoria de sénior masculino, a corrida de São Silvestre em São Vicente, que teve como campeã em sénior feminino Crisolita Rodrigues.

Artur Silva, que fez o tempo de 26 minutos e 34 segundos, disse ter sido um “espectáculo de prova”, mas também “difícil”, que, entretanto, é o resultado de muito treino, motivado pela sua mãe, a quem dedicou a vitória.

Este atleta salientou que sempre “gostou” de correr em rectas e não em subidas e descidas, pelo que o novo percurso não representou muitas dificuldades.

Crisolita Rodrigues

Na categoria de sénior feminino, a vencedora foi Crisolita Rodrigues que repetiu o feito conseguido em 2019, uma atleta que está nestas andanças há muito tempo e que diz ainda sentir-se em condições de competir a nível sénior.

Em veteranos masculino o vencedor foi Ailton Andrade (41 anos), que sustentou que a prova como sendo o seu segundo título nesta semana, isto depois da conquista no passado dia 27 de dezembro, na cidade da Praia. Este atleta vincou que esta era a melhor forma de fechar o ano e dedicou o título ao seu amigo “Boca” falecido no final deste ano num acidente de viação ocorrido em Fonte Inês.

A nível dos juniores destacou-se o nome da atleta Aicha Santos de 18 anos de idade, que frisou ser uma surpresa esta conquista por ter sido uma prova “muito difícil”, tendo mesmo parado durante o percurso.

Nas duas primeiras categorias, seniores feminino e masculino, a organização atribuiu prémios monetários e troféus aos 10 primeiros classificados, nesta prova que, segundo o presidente da Associação de Atletismo de São Vicente, Arlindo Fonseca, contou com mais de 80 atletas entre seniores, veteranos e juniores.

Esta corrida, que terminou nas últimas horas da tarde de hoje, teve o ponto de partida junto da Laginha, como sempre, depois passou por Chã de Alecrim, Madeiralzinho, Cruz, Rotunda de Ribeira Bote, Rua 1 em Monte Sossego, quartel dos bombeiros, e a meta em Lazareto.

Uma prova que a organização assegurou ter sido muito “bem disputada”, e que os mindelenses mostraram que se a prova tivesse como meta a Praia Grande não faltariam espectadores.

Arlindo Fonseca considerou que a organização ficou “satisfeita” e que agora é o momento de esquecer 2020 e trabalhar para que a modalidade continue a trilhar a sua estrada.

O evento contou com a colaboração de parceiros como a Polícia Nacional, Forças Armadas, Cruz Vermelha, Delegacia de Saúde e os Bombeiros Municipais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.