Estudantes pedem menos tempo à Embaixada de Portugal em Cabo Verde na atribuição de vistos

30/12/2020 00:17 - Modificado em 30/12/2020 00:17
| Comentários fechados em Estudantes pedem menos tempo à Embaixada de Portugal em Cabo Verde na atribuição de vistos

Um grupo de estudantes cabo-verdianos pede maior celeridade da Embaixada portuguesa em Cabo Verde na atribuição dos vistos, para que possam viajar e concluir a sua formação em Portugal, onde as aulas já decorrem há algum tempo.

Um destes estudantes, assegurou a este online que entregou o pedido de visto a 15 de setembro e que até ao momento não teve nenhuma resposta por parte da Embaixada portuguesa na cidade da Praia. Uma situação que já remonta a três  meses e espera ver  resolvida urgentemente para que possa viajar e prosseguir os seus estudos. Mas este não é caso único. Este online tem conhecimento de um número bastante significativo de estudantes à espera do respetivo visto para que possam viajar rumo a Portugal afim de estudarem em universidades e politécnicos portugueses.

“Ainda não tivemos respostas e o desespero aumenta, pois as aulas nas universidades já começaram há muito tempo” , conta esta estudante que pede a embaixada para acelerar estes processos e permitir o ingresso nas universidades portuguesa.

“Essa espera é muito desgastante, pois é o nosso futuro que está em jogo e a realização de um sonho” concluiu.

Outra estudante contactada pelo NN, que também quis ficar no anonimato e que está na mesma situação afirma que ainda não teve nenhum feedback por parte das entidades responsáveis por este processo. “Tenho já uma mensalidade paga na universidade que vou frequentar. Tenho assistido a aulas online, mas só que a rede internet não é boa e requer diariamente muitos megas” ressalva.

Neste sentido, expressa a sua preocupação em relação a esta demora em obter o visto, o que aumenta a cada dia, visto que não lhe são passam nenhuma informação. “É nosso desejo que resolvam esta esta questão o mais rapidamente possível para podermos seguir o sonho de prosseguir os estudos em Portugal” conclui.

De realçar que mais de 560 estudantes cabo-verdianos conseguiram vaga no ensino superior em Portugal neste ano lectivo, através dos concursos especiais de acesso e ingresso para estudantes internacionais, segundo listagem divulgada pelo consulado português na Praia, no início do mês de agosto.

A listagem em causa, com 564 candidatos aprovados em universidades e institutos politécnicos portugueses, obriga ainda à solicitação de visto para estudante em Portugal, através da secção consular da Praia ou no escritório consular no Mindelo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.