Agente envolvido na morte de Hamilton Morais condenado a três anos de prisão com pena suspensa

29/12/2020 13:32 - Modificado em 29/12/2020 13:32
| Comentários fechados em Agente envolvido na morte de Hamilton Morais condenado a três anos de prisão com pena suspensa

O Tribunal da Praia condenou hoje, 28, a três anos de prisão com pena suspensa o agente da Polícia Nacional Eliseu Sousa, principal suspeito no caso do homicídio de Hamilton Morais, também ele agente da PN.

Segundo o acórdão o coletivo de juízes entendeu que Eliseu Sousa não teve intenção de matar o colega Hamilton Morais, baleado em outubro do ano passado, em missão de serviço, no bairro de Tira Chapéu (Praia).

Segundo informações avançadas pela Rádio Pública o ambiente no tribunal após a leitura da sentença era de “revolta”, sobretudo no seio dos familiares do malogrado, com o irmão da vítima, Ailton Morais, agente prisional na Cadeia Civil de São Martinho, a dizer que vai até às últimas consequências para saber o que esteve por detrás do disparo que vitimou Hamilton Morais.

O julgamento do caso da morte do agente da Polícia Nacional (PN) Hamilton Morais teve início no dia 01 de dezembro e foi conduzido por um coletivo de juízes presidido por Antero Tavares.

As acusações da prática, em autoria material, de um crime de homicídio simples e mais outro de disparo, recaíram sobre o agente da Polícia Nacional Eliseu Sousa, de 38 anos, que desde Novembro de 2019, encontrava-se a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.